Digi-Tron Balanças - Home ISO 14001:2004 ISO 17025:2005 Digi-Tron Balanças
Português  English  Español
BNDES


Digi-Tron Indústria de Balanças doa cama hospitalar à criança portador Quinta-feira, 01 de Janeiro de 2009


Reportagem Especial

A Digitron-Indústria de Balanças doa uma cama hospitalar da marca “Famler” para Emanuely Vitória da Silva, 2, filha do casal Everson Souza da Silva, 27, e Juliana de Cássia Nunes da Silva, 28. A criança é portadora de Osteogênese Imperfeita. Uma doença genética relativamente rara (atinge em média 1 a cada 21.000 nascidos) que provoca principalmente a fragilidade dos ossos. A cama hospitalar vai ajudar no tratamento da recuperação pulmonar, higienização e nos procedimentos fisioterápicos realizados na pequena Emanuely, além de oferecer mais conforto.

Doença.
De acordo com os especialistas, os ossos das pessoas que têm Osteogênse Imperfeita se quebram com facilidade, ou seja, com elas acontecem fraturas por traumas simples, que não seriam suficientes para provocá-las em outras pessoas: uma pequena queda ou pancada, um esbarrão em algum obstáculo e até mesmo, nos casos mais graves da doença, um movimento do corpo mais brusco. Existem ainda as fraturas espontâneas, que ocorrem sem nenhuma causa aparente.

DigiTron entrega Cama Hospitalar

A mãe da pequena Emanuely ficou muito emocionada com a chegada do caminhão da Digi-tron, que transportou a Cama Hospitalar até a sua residência localizada na Rua Ronaldo Thá,661, Capão da Imbuia. O diretor da Digi-Tron, Milton Mendes, acompanhado de sua esposa Elisabette T.B. Mendes e do diretor industrial, Jessel Bastos, fizeram questão de visitar a família de Emanuely. “Eu tenho que agradecer muito a Deus e a Digi-Tron. Esta cama representa uma grande contribuição para a recuperação da saúde de minha filha” declara.

De acordo com Milton Mendes, a entrega da cama hospitalar vai oferecer uma melhor qualidade de vida para Emanuely. “A família Digi-Tron ficou sensibilizada com a história de Emanuely e com a luta diária de seus pais para proporcionar atendimento médico adequado. Realizamos um esforço em conjunto para oferecer esta cama hospitalar. Tenho certeza que ela vai se restabelecer fisicamente e que continuará dando muitas alegrias aos seus familiares,” afirma.

Dificuldade financeira.

Segundo o pai de Emanuely, Everson da Silva, o alto custo do tratamento da doença e a compra diária de medicamentos impossibilitavam a aquisição da cama hospitalar. “Voltei a trabalhar recentemente. O salário da minha esposa é todo usado na compra de medicamentos, material de higiene e hospitalar,” afirma. Juliana é professora concursada da prefeitura de Curitiba e recebe um salário de R$ 906.

Juliana explica que - computado os descontos em folha - ela recebe apenas R$ 220. O atendimento médico da pequena Emanuely é realizado no Hospital Pequeno Príncipe. A Prefeitura exige do funcionário público o ressarcimento de 30% do valor de cada consulta paga pelo município. “Cerca de 70% do meu salário é usado para pagar o plano de saúde da prefeitura. Conhecido como: Instituto Curitiba de Saúde (ICS)” observa.

Outras Despesas.

A família de Emanuely gasta por mês cerca de R$ 250, em medicamentos e R$ 500, em material hospitalar (dinheiro proveniente de doações). “O plano de saúde da prefeitura não dá cobertura para todas as despesas do tratamento de Emanuely,” informa. A professora explica ainda, que as demais despesas da casa como: Luz, água, alimentos e a prestação do imóvel onde a família reside, estão relativamente em dia graças às doações que ela recebe dos amigos. “Se não fosse a solidariedade das pessoas eu não sei como viveria,” desabafa. A mãe de Emanuely disse que a cama hospitalar vai ajudar no tratamento da recuperação pulmonar de sua filha. “A fisioterapeuta da prefeitura, que vem todos os dias cuidar de Emanuely, pedia a compra desta cama. A profissional afirma que o trabalho fisioterápico realizado na cama hospitalar, trará resultados imediatos para o pronto restabelecimento de Emanuely,” finaliza.















 


 

 

 



Fábrica, Administração, Vendas, Locação, Assistência Técnica e Laboratório de Calibração
Fone/Fax: (41)3377-1577
Rua O Brasil Para Cristo, 364 - Boqueirão
CEP 81650-110 - Curitiba - PR

Agudos: Fábrica, Vendas, Locação e Assistência Técnica
Telefone/Fax: (14) 3262-9999
Av. Marginal Ver. Delfino Tendolo, D-1000 Distrito Industrial Hatsuta
CEP 17120-000 - Agudos - SP